Make Rojava Green Again

Recent news about the campaign!
23
Jun

35 ações por Hasankeyf em todo o mundo – O enchimento da barragem Ilisu foi adiado!

Apenas dois dias após o 3º Dia Mundial de Ação para Hasankeyf, no dia 10 de junho de 2019, a notícia espalhou-se. O enchimento da barragem de Ilisu foi adiado. A agência estatal responsável por isso, a DSI (Obras Hidraulicas estatais), disse a várias agências de noticias que, devido ao alto fluxo de rio na barragem de Ilisu e as obras não concluídas em Hasankeyf e estradas da região afetada, o preenchimento seria feito posteriormente, provavelmente em julho.

Nas últimas semanas, relatamos nas nossas declarações e relatórios que parte do trabalho de construção relacionado com o projeto ainda não foi concluído, e começar a encher o reservatório agora seria meramente simbólico ou propaganda, pelo menos até ao inverno . O projeto Ilisu sofreu muitos atrasos desde o início da construção em 2010 devido à má concepção de todo o projeto, bem como o tamanho e os desafios técnicos do megaprojeto, que não tenham sido calculados corretamente. Além disso, dissemos que o início do enchimento no início do verão não faz sentido, porque o fluxo de água é bastante baixo até ao inverno.

Mais contraditório ainda é a afirmação de que o Governador do Batman (a província onde está localizado o projeto), emitiu no dia 12 de junho de 2019 em que afirma que não há contratempos na execução do projecto e que tudo vai de acordo com o plano . Mas ainda assim, nenhuma data específica foi oferecida.

O recente anúncio para começar o enchimento não é o primeiro; Isto vem acontecendo há três anos. Como os anúncios anteriores, o objetivo é provocar o desespero na sociedade e romper a resistência. Apesar do trabalho incompleto na região afetada, um plano para iniciar o enchimento no dia10 de junho foi provavelmente a estratégia para quebrar a resistência.

Mas os 3 Dias de Ação Global para Hasankeyf abriram uma nova onda de protestos na sociedade: as pessoas lembraram-se mais intensamente de seu dever de agir por este notável patrimônio cultural e natural. Em muitos lugares da Turquia, incluindo a região do Curdistão, artistas, ativistas políticos e organizações de diferentes tipos, bem como pessoas interessadas, têm agido e organizado diferentes tipos de protestos e atividades durante estes dias.

Acreditamos firmemente que os crescentes protestos e a atenção da comunicação social afetaram a decisão de adiar o enchimento do reservatório da barragem de Ilisu. É provável que o plano do governo espere até que a nova onda de protestos desapareça depois de algumas semanas ou meses.

Não vamos deixar isso acontecer! Pessoas de todo o mundo devem estar em solidariedade com a luta crucial pelo rio Tigris, com seu povo, biodiversidade e cultura! É uma luta pela vida, pela natureza, pelo patrimônio histórico e cultural e pela solidariedade, e um sucesso pode fortalecer os movimentos sociais e ecológicos em todo o estado. E do planeta.

Relatório resumido do 3º Dia de Ação Global

Sobre o nosso apelo para se juntar às 3as Jornadas Mundiais de Acção para Hasankeyf em 7 e 8 de junho de 2019, foram realizadas acções de protesto em 35 cidades contra o projeto destrutivo e controverso da barragem Hidrolétrica e a barragem de Ilisu . Sob o slogan “Hasankeyf é a nossa cultura, tigris a nossa natureza”, as pessoas de Hasankeyf, Iraque, Rojava e nove países europeus pediram ao governo turco para não começar a encher o reservatório da barragem de Ilisu, conforme anunciado em 10 de Junho de 2019.

Ao meio-dia, do dia 7 de junho, em várias cidades europeias tais como : Frankfurt, Munique, Hamburgo, Freiburg e Ljubljana, ativistas juntaram.se a ações do movimento FridaysForFuture, o que levou a discussões sobre como grandes barragens como a Ilisu contribuem para a crise climática. Posteriormente, ações foram realizadas em duas dúzias de cidades. Um deles estave em Paris, em frente à sede da UNESCO. A UNESCO manteve silêncio sobre Hasankeyf e a barragem de Ilisu, apesar de muitos pedidos nos últimos anos serem reconhecidos como patrimônio da humanidade. Outra mensagem de solidariedade veio da área autônoma de ZAD, no oeste da França. Em Viena, as pessoas protestaram no prédio central da Andritz, a multinacional que está construindo a central hidrolétrica da represa de Ilisu. Em Londres, uma ação foi organizada por grupos de solidariedade em frente à embaixada turca. No Estado Espanhol o objetivo era o BBVA, financiador da barragem Ilisu: nas suas sedes organizaram-se um teatro (Barcelona) e as concentrações eram organizadas, apareceram também panfletadas várias sedes com o objectivo de expor a sua responsabilidade (Donostia e Bilbo).

No Iraque, na tarde de 7 de junho, foram tomadas ações contra a represa de Ilisu e por Hasankeyf e o rio Tigre em dez cidades, de Sulaymaniyah a Basra. Este alto nível de participação mostra uma grande consciência da crise da destruição da natureza e da necessidade de lutar contra os projetos destrutivos a partir do zero.

Na noite de 7 de junho, compartilhamos vídeos de solidariedade de 15 artistas turcos e curdos, incluindo alguns muito famosos, nas redes sociais com a hashtag # HasankeyfİçinGeçDeğil. Por um curto período de tempo, estava como trending topic no Twitter. Esta é uma expressão da rejeição da destruição de Hasankeyf e do rio Tigre por toda a sociedade da Turquia. Uma contribuição interessante também veio da artista francesa Elen Ture.

No dia 8 de junho, dezenas de ativistas, pessoas afetadas, presidentes e políticos encontraram-se em Hasankeyf para fazer declarações. Em todos os seus discursos, a vontade de continuar a luta contra o Projeto Ilisu foi enfatizada, apesar do fato de que a barragem está quase terminada. Entre os políticos para fazer discursos foi o deputado do HDP A.A. Bacaran e britânica Julie Ward, que também enviou uma carta ao presidente turco Erdogan no dia 2 de junho, expressando preocupação com o projeto Ilisu. Zozan Şimşek leu uma declaração pedindo que pessoas e organizações fizessem campanhas, acrescentando que muitos megaprojetos foram construídos, mas muitos nunca operaram, devido à forte resistência.

Veja fotos e vídeos das ações: http://www.hasankeyfgirisimi.net/?p=880

Petição iniciada por Hasankeyf e pelo Tigre

Em 11 de junho, iniciamos uma petição em inglês contra a barragem de Ilisu, dirigida ao governo turco. O texto é baseadona convocatória de 15 de maio de 2019, que foi assinada por 121 organizações até ao momento.

Assina e divulga!

http://www.change.org/p/no-filling-of-ilisu-dam-save-12-000-year-old-hasankeyf

Leave a Reply

You are donating to : Make Rojava Green Again

How much would you like to donate?
$10 $20 $30
Name *
Last Name *
Email *
Phone
Address
Additional Note
Loading...